RSS

Merry Christmas . Replace this text with your christmas wishes for your visitors .

Uma inédita expressão de "Convicções em Êxtase"

 Amor cheio de razão,
amor este que sinto por ti,
quando já estou só,
me esqueço de mim.

Vivo nessa convicção,
de viver em êxtase,
em êxtase de paixão,
em êxtase de você.

Não tenho tantas razões,
tenho perguntas a fazer ao tempo,
o tempo que vai sem destino,
o tempo sem razão.

Não é preciso ter tantas razões
quando se tem o necessário,
o amor é assim,
uma convicção em êxtase.

-Érick Ramos-

Em todas as poesias o amor por mim é expresso, pois eu penso assim, que, o amor as vezes tem razões, mas em tantas outras não, as vezes ele nos dá prazer mas em outras não, o amor é estranho...

As vezes uma pessoa gosta da gente e a gente não gosta dela ou vice-versa, o amor é tão confuso que a gente as vezes não sabe o que ele nos mostra, em momentos ele nos mostra decepções, em outros razões, razões estas, que dão sentido "eterno" à nossa vida...

O amor é muito complicado de se entender, o amor não é tão belo assim, as vezes ele nos engana...

E digo muitas "às vezes" por que é só as vezes que o amor nos faz isso...
Às vezes ele nos mostra o AMOR!  Amor Verdadeiro! (=

1 comentários:

lettersfromlaunna disse...

There is no deception when it is true love;)

Postar um comentário

Apresentação sobre o blog

A convicção de que a vida seja bela, só pode vir do êxtase de amar, do prazer de sentir a vida pelo vento que passa, e assopra aonde quer, que nos tira o passado, e nos move à frente, que nos conduz ao que é bom, deixando para trás o que não vale, o que não possui lucro.

Que ele assopre na gente com desejos de nos melhorar, nos nivelar pelo alto anseio de amar o outro como uma parte de nós, como um algo que sem ele não vivemos, como um ser cheio de atitudes para serem demonstradas enquanto esse vento não nos leve com um assopro de fim.

Que as razões não estejam tão certas quanto o desejo de amar, pois há quem ama sem precisar ter certeza, amar sem certas condições, amar ilimitadamente, amar sem lei, amar até o fim, e é no fim que definimos se o amor foi certo ou não, se foi verdadeiro ou não, eis a filosofia da vida, eis o blog que lhe apresento e desejo uma boa leitura!

-Érick Ramos-

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...